Marketing direto conheça as principais ferramentas

Postado em:  
2021-12-23
 

O marketing direto é um conjunto de estratégias aplicadas com o objetivo de entrar em contato com um público específico e bem segmentado, que de fato tem interesse em determinado produto ou serviço. 

Ele pode ser utilizado na conquista de novos clientes ou para reforçar o relacionamento com clientes já alcançados, estabelecendo aqui o desejo de que este seja duradouro e de sucesso.

O marketing direto trabalha com pessoas, ou empresas, que já demonstraram algum tipo de interesse pela sua marca.

Portanto, seus custos e resultados tendem a ser melhores e mais vantajosos.

Não somente no digital, mas fora dele também, há como implantar algumas destas estratégias.

Aqui neste texto, vamos citar algumas delas e assim, quem sabe te ajudar a começar o seu planejamento.

 
notion image

7 principais ferramentas do marketing direto

E-mail marketing

É a mala direta do meio digital.

Afinal, é uma estratégia que consiste em pegar um contato em uma base de dados de clientes e enviar promoções, ofertas ou conteúdos úteis. É necessário que seja relevante e bem elaborado para que o cliente tenha vontade de abrir para acessar o conteúdo.

Essa ferramenta é muito boa para fidelização de clientes, bem como na geração de leads.

 

Newsletter

Um Newsletter é um periódico, um informativo, que você envia para sua base de clientes com conteúdo relevante sobre seu negócio e área de atuação.

Até mesmo, a depender da qualidade do seu banco de dados, enviar notícias sobre a área de atuação do seu cliente. Além de interagir com sua lista e manter o contato também pode haver engajamento com o cliente caso acesse seus canais de mídia social, por exemplo.

Tutoriais e guias também são conteúdos transmitidos nos newsletters.

 

Cupons

Quem não gosta de descontos e vantagens, não é?

Com a estratégia de oferecer cupons de desconto, brinde ou em forma de créditos, você gera valor, engajamento e chama a atenção de seu lead. Muito comum ser aplicado em sites para produtos e serviços.

Você pode pensar em estratégias como: 

  • número de compartilhamentos do seu blog/site;
  • número de downloads do seu conteúdo;
  • primeira compra etc.
 

Mala direta

Talvez seja a primeira coisa que você pensa quando ouve falar em marketing direto.

A mais tradicional ferramenta do marketing, quando a empresa envia catálogos e folhetos com suas mais novas ofertas e produtos.

Hoje, utiliza-se mais o e-mail como dito anteriormente, considerando a questão do custo do tempo e do controle para saber se o cliente acessou ou não o conteúdo.

Mas dependendo da sua estratégia, pode fazer mais sentido enviar o formato físico mesmo.

 

Uso de dispositivos móveis

Hoje em dia, o uso do celular está cada vez maior, muitas pessoas possuem mais de um, inclusive. E este dispositivo está sempre perto, literalmente, na mão de todos!

Portanto, o uso de ferramentas como o SMS e WhatsApp, são bem úteis na hora de conversar com seus clientes.

Por ser algo pessoal, você pode usar uma linguagem mais informal por se tratar de um ambiente mais amigável e familiar.

Mas é necessário ter cuidado quando se pensa nessa estratégia para que não se torne negativa para a empresa. Pensar na quantidade de disparo e no conteúdo é fundamental para não haver rejeição e tentar fazer o cliente interagir.

Encontrar o cliente certo é outro passo importante, então um mailing list atualizado com uma persona bem determinada se torna o casamento perfeito para uma estratégia de sucesso.

 

Vendas diretas pessoais

As vendas diretas são aquelas feitas por consultores da marca. Um consultor pode orientar, esclarecer dúvidas e até direcionar o cliente no consumo do produto que mais se encaixa na sua necessidade.

Essa troca, por mais conservadora que parece, ainda está vigente no mercado e em movimento crescente nos últimos anos.

Vendas diretas são muito utilizadas por empresas de cosméticos, por exemplo.

Essa ferramenta é boa para clientes já fidelizados por se tratar de visitas presenciais, gerando comodidade ao cliente, mas por indicação desses clientes também é possível que novos sejam cadastrados e também fidelizem.

 

Telemarketing

O telemarketing é uma ferramenta de marketing direto muito antiga, mas ainda muito eficaz.

Muitos clientes na modalidade B2B se sentem mais confortáveis em negociar por telefone, mas está ainda está em pela atividade quando falamos do B2C também.

Mas é preciso ressaltar que, infelizmente, o telemarketing muitas vezes sofre rejeição por parte do cliente, podemos dizer que, no mercado nacional, esta estratégia foi muito mal aplicada e por isso muitas empresas sérias, comprometidas e com excelentes produtos acabam tendo dificuldades de acessar e ter a atenção do cliente para negociar.

Portanto, investir em uma base de dados bem segmentada e atualizada é essencial para sucesso nas vendas por esse meio.

Uma base de dados ou mailing list de qualidade conta com: 

  • Assertividade;
  • Excelente taxa de contato;
  • Base atualizada;
  • Leads qualificados e específicos;

Para cada cliente existe uma necessidade, e nós da Contatus ajudamos a entender a sua! Fale conosco e veja como você e sua empresa podem melhorar resultados e atingir metas com qualidade!