Mailing list e base de dados, preço ou valor?

Postado em:  
2022-03-03
 

Quando paramos para pensar no custo de algo que iremos adquirir para uso na empresa, sempre nos preocupamos, primeiramente, com o preço. Ocorre que as empresas, de forma geral, possuem setores que se diferem e cada um na sua área necessita cumprindo com suas obrigatoriedades da melhor forma possível.

Para realizar uma compra normalmente são apresentados orçamentos e o interesse geralmente visa o mais barato, o mais em conta.

Sabemos que o preço é uma variável muito importante para qualquer negócio, mas quando o produto faz a diferença na qualidade do serviço, no tempo de atendimento, na venda de um produto ou facilita a dinâmica, o preço se torna uma variável questionável.

Compra mailing com cartão de crédito
Compra mailing com cartão de crédito

Mas afinal, quanto custa um mailing list? Qual o valor de um mailing list?

 

Aqui estamos falando de duas coisas muito distintas. O custo de um mailing list varia conforme a quantidade e o acordo entre empresa e fornecedor. Mas o valor está diretamente relacionado com a qualidade do mailing list.

Quanto maior a lista e a fidelidade menor o valor da unidade, nos casos de listas menores e pedidos sem contrato ou esporádicos, maior será o valor.

Podemos colocar que em média a unidade pode custar de R$ 0,02 centavos a R$ 0,50 centavos ou mais.

Outra variável importante, que define o valor de um mailing list é a qualidade. Aqui, sem dúvidas está a grande diferença no preço.

Imagine que para manter uma base de dados atualizada e bem qualificada, a empresa fornecedora possui uma equipe e necessita, basicamente, ter um sistema específico, um analista, um setor comercial, DPO (Data Protection Officer), realizar atualizações e cruzamentos das bases de dados praticamente diários para poder garantir a alimentação, atualização e a segmentação do sistema e do mailing list. Além disso, atualmente, com as adequações da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) o fornecedor deve estar regulamentado, associado em instituições que certificam seu trabalho e seu produto.

Comprando uma base maior e mais barata, base de milhões de registros, certamente você estará recebendo números desatualizados e não segmentados. Isso significa, na prática, que uma grande porcentagem desse mailing será desqualificada, aumentando o tempo da operação, desestimulando a equipe, pagando por chamadas que o discador realiza mas não confere com o contato desejado,  portanto não atenderá a necessidade da empresa de encontrar seu cliente.

Além disso reduz a produtividade da equipe, ou seja, essa base de torna ineficiente e contraproducente. Aqui se levou mais em consideração a variável preço.

Tudo isso acarreta um grande custo para a operação de forma geral, o verdadeiro barato que sai caro!

 

Qualidade do mailing list

Por outro lado, quando nos importamos com a qualidade do mailing list, estamos procurando um produto que tenha valor e esta variável é, sem dúvida, a melhor opção. Uma base atualizada, legitima, segmentada e precisa irá facilitar e otimizar o trabalho da equipe, melhorar o tempo e os números de clientes encontrados. Tudo isso facilita a venda ou o contato com o cliente desejado. Garantindo a qualidade da base, a assertividade de qualquer operação também se garante. Uma ótima equipe com um mailing list de qualidade é sucesso garantido.

Nossa empresa está atualizada nas normas necessárias e exigidas da LGPD, contamos com um DPO e todas nossas bases são atualizadas e segmentadas. Entendemos que a garantia de um produto de qualidade e a satisfação do nosso cliente é o mínimo que devemos oferecer. Conte com a CONTATUS, conheça nossos produtos e seja parte de um time de clientes seletos que sabem fazer a diferença.